Gilvania do Monte
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos





Quem espera morre de tédio
As aparências às vezes nos traem
Em terra de cego quem tem um olho só é deficiente
Perguntar a idade a uma mulher coroa às vezes ofende
Cão que ladra às vezes mata
Aqui se faz, aqui nem sempre se paga
Águas passadas movem mágoas
Antes acompanhado do que solitário
Quem ri por último ri atrasado
Quem quer nem sempre pode
Quando a esmola é grande, o pedinte agradece
Quem cala é porque tá sem assunto
O $ol nasce para poucos
Os últimos estarão sempre atrasados
O pior cego é aquele que já enxergou um dia e não enxerga mais
Gostos são discutíveis
Em briga feia de marido e mulher chame a polícia
De boca fechada não se propagam ideias
Devagar se vai ao longe, mas demooooora
Dinheiro não traz felicidade, mas proporciona momentos felizes.
Gilvania do Monte
Enviado por Gilvania do Monte em 05/02/2011
Alterado em 21/08/2011


Comentários