Gilvania do Monte
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos


Divagações


Não, não ouso mais mergulhar nas águas profundas do imenso amor.
Prefiro contemplá-lo de longe, bem sentada na beira do rio
E sentir sua pureza e leveza inundando minhas narinas do sentimento mais maravilhoso que possa existir.
Porque sem ele nada somos.
Persisto, não procuro mais o amor
Pois sei que já fui e sou muito amada.
E as lembranças doces e ternas são as que levarei comigo dentro de minha alma para sempre.
E que deslumbram o meu ser como num dia ensolarado, sem nuvens no céu,límpido e raro
Irradiando um dia maravilhoso de um sol esplêndido de verão.
Gilvania do Monte
Enviado por Gilvania do Monte em 17/11/2011
Alterado em 18/11/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários