Gilvania do Monte
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos


Carta tipo AR




Nem sei por onde começar
Só sei que tu me fazes uma falta danada
Nesta fria madrugada
E eu aqui, congelada
A tiritar de frio
Tu és a saudade que chega a doer no peito
Saudade doída, jurada e sacramentada
No canto da minha boca o silêncio adormece
De noites mal dormidas
O desejo me entontece
Sob o manto da lua confesso-te
Deverias voltar pra mim
Quer saber?
Deverias realmente fazer o  favor de me fazer feliz...

Gilvania do Monte
Enviado por Gilvania do Monte em 17/05/2012
Alterado em 17/05/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários