Gilvania do Monte
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos





Prontofaleitôleve





Jamais saberás das cartas de amor que escrevi, pois queimei-as todas, uma a uma, por saber-te e por sentir-te tão ausente de minh'alma e por ter me amado tão negligentemente...jamais saberás de meus sequiosos anseios atravessando a madrugada, da paixão latente que por ti senti; jamais saberás da ardência em minha pele, clamando e chamando o teu nome em minhas noites insones, jamais...jamais saberás também da minha louca agonia, quando repetidas vezes deitei a cabeça no travesseiro em vão e quando meu corpo só te pedia e te pedia em loucos devaneios para que me amasse como se fosse a última vez...jamais saberás de todo o meu desejo ardente, meu bem, jamais...!
Gilvania do Monte
Enviado por Gilvania do Monte em 01/12/2012
Alterado em 01/12/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários