Gilvania do Monte
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos


memórias da minha pele









perdi a conta das vezes
que te amava de forma pungente
era tanto amor que doía
eu latejava, minha cama ardia

me bolinava, pensando em ti
até altas horas da madrugada
aquilo me agradava, me alucinava
era uma sensação tão doce que nem sapoti

e era um amor tão quente
que me deixava em torpor, dolente
parecia até que estavas ao pé da cama

e em delírio eu escutava
tua voz próxima e colorida feito uma alvorada
dizendo-me: vem, amor, me ama, vai, me ama...
Gilvania do Monte
Enviado por Gilvania do Monte em 18/06/2017
Alterado em 19/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários